Minha Conta

CPF: Senha:

Cremos

Palavra de Deus

Palavra de Deus

A palavra de Deus, ou Escrituras Sagradas, ou Bíblia, é um registro inspirado por Deus, revelando-nos a Sua vontade. Possibilita, portanto, o conhecimento de Deus; preserva e propaga a verdade, contra a corrupção da carne, malícia de satanás e do mundo.

II Pedro 1: 19-21; II Timóteo 3:16; I Tessalonicenses 2:13; I Coríntios 1:21.
 
É composta de 39 livros no Velho Testamento e 27 no Novo Testamento, num total de 66 livros.
 
Todo o conselho de Deus concernente a todas as coisas necessárias para a glória de Deus e para a salvação, fé e vida do homem, ou é expressamente declarado na Escritura, ou pode ser lógica e claramente deduzido dela. Faz-se necessária, entretanto, a íntima iluminação do Espírito Santo. Ele, através da testificação da Palavra em nossos corações, nos dará plena certeza da verdade.
João 16:13-14; I Coríntios 2: 9-12; Gálatas 1:8-9.
 
Para interpretação da Palavra de Deus, o melhor “manual” é a própria Palavra. Ao tentarmos compreender o sentimento de um determinado texto, o melhor que fazemos é compará-lo a outro texto.
Atos 15: 14-15; João 5:46; I Coríntios 2:13; II Pedro 1:20-21.
 
Todos os demais escritos, interpretações ou propostas de vida com Deus, devem ser provados com comparação criteriosa à Palavra de Deus.
Atos 17:10-12.
 
O Espírito Santo, que inspirou o registro da Palavra de Deus, é quem deve julgar em nossos corações a respeito de qualquer controvérsia que possa haver.
Mateus 22:29; Atos 28:25; João 16:7-8.
 
Reflexão
1.    Quais as recomendações feitas na Palavra de Deus em relação à mesma?  
(Salmos 119:11 e 160; Mateus 7:26-29; Colossenses 3:16; II Coríntios 4:2).
 
2.    Algumas figuras são usadas para nos ajudar a compreender seu propósito.
(Salmos 119:105; Provérbios 30:5; Jeremias 15:16, Ezequiel 3:3; Efésios 6:17; Hebreus 4:12).
 
3.    Qual é o enfoque principal que percorre a Palavra de Deus, do princípio ao fim?
(Gênesis 1:1 e João 1:1-4; Gênesis 3:15 e Romanos 16:20; Isaías 9:6 e Lucas 4:17-21; Isaías 53 e João 19:17-37; Isaías 63:1-6 e Apocalipse 19:11-16).